• Confederação Internacional

    da Sociedade São Vicente de Paulo

    30 milhões de pobres no mundo ajudados

  • Confederação Internacional

    da Sociedade São Vicente de Paulo

    "Eu gostaria de envolver o mundo em uma rede de caridade"

Voltar à lista

Jogo “Baleia Azul”, um perigo para as crianças e adolescentes em todo o mundo

03 Maio 2017 Notícias do CGI Comunicados

Jogo “Baleia Azul”, um perigo para as crianças e adolescentes em todo o mundo

O Vice-Presidente Internacional para Juventude, Crianças e Adolescentes, da Confederação Internacional da Sociedade de São Vicente de Paulo, o confrade Willian Alves, por meio desta Nota Oficial, expressa sua preocupação e alerta todos os vicentinos responsáveis pela formação dos jovens, crianças e adolescentes na SSVP e/ou em Obras Unidas, Obras Especiais, Colégios, etc, que busquem maior entendimento sobre o Jogo “Baleia Azul”, que tem como foco atingir as crianças e adolescentes.

Intitulado “Baleia Azul”, o jogo é uma espécie de lista de tarefas que exige que os usuários realizem 50 desafios, um por dia. Entre eles, há incumbências prejudiciais física e psicologicamente, como “furar a mão”, “acordar às 4h20 da manhã e assistir a um filme de terror”, “esculpir uma baleia na perna com uma gilete”, “não falar com ninguém por um dia”, “subir ao topo de um prédio alto e balançar as pernas de lá” etc. A última tarefa é o suicídio, o que permitiria que o jogador se tornasse “altamente desenvolvido” e “livre” de preocupações mundanas como o símbolo do jogo, uma baleia encalhada na praia.

Cabe a nós, cristãos em primeiro lugar, vicentinos por carisma, apoiar e defender a vida em todas as suas instâncias, este jogo tem um objetivo claro, promover a prática do suicídio entre os adolescentes.

Peço que este tema seja discutido com muita cautela e responsabilidade, que possamos alertar os jovens, as crianças e adolescentes, sobre os riscos destes jogos. Que possamos nos unir aos pais e responsáveis, à sociedade civil, professores, catequistas, psicólogos, padres, poderes públicos e todos os homens e mulheres de boa vontade para proteger as crianças e adolescentes dos perigos que os cercam. Que esta proteção alcance também e principalmente as crianças e adolescentes mais pobres, assistidas diariamente por nossa entidade.

Peçamos a proteção e benção de Deus, por meio da intercessão do Beato Frederico Ozanam e do Beato Pier Giorgio Frassati, para que nossos jovens, crianças e adolescentes sejam respeitados, orientados e protegidos, e que vivam sua juventude, infância e adolescência de forma saudável.

Na amizade e no carisma, felizes por vivermos o Ano de Bailly.

“Como amigos, somos jovens e crianças vicentinos, ajudando a construir a grande rede de caridade”

Willian Alves

Vice-Presidente Internacional para Juventude, Crianças e Adolescentes do CGI da SSVP