• Confederação Internacional

    da Sociedade São Vicente de Paulo

    30 milhões de pobres no mundo ajudados

  • Confederação Internacional

    da Sociedade São Vicente de Paulo

    "Eu gostaria de envolver o mundo em uma rede de caridade"

Voltar à lista

Estados Unidos: igreja antiga será transformada em abrigo para adolescentes

18 Novembro 2016 Projetos Aide et développement

Estados Unidos: igreja antiga será transformada em abrigo para adolescentes

Em outubro de 2016, o Conselho Municipal de Eugene aprovou a solicitação da Sociedade São Vicente de Paulo para transformar uma antiga igreja em um abrigo para adolescentes.

Em um ano, o edifício fornecerá abrigo estável a vários alunos do ensino médio sem-teto. Nem todos os alunos do ensino médio têm um lugar fixo para estudar, com boa iluminação, jantar toda noite ou acesso a transporte para ir para a escola. Em Eugene, existem vários adolescentes sem-teto.

A Sociedade São Vicente de Paulo espera mudar essa situação de muitos deles. “Dê a eles uma casa, dê a eles apoio e eles estudarão, e eu acho que isso é uma transformação para os adolescentes”, disse Paul Neville, porta-voz da Sociedade São Vicente de Paulo.

Mais de 2.000 alunos sem-teto estudam no Condado de Lane. No Distrito 4J de Eugene, aumenta o número de alunos sem-teto. Em 2013, eram 701 alunos sem-teto. Em 2015, esse número subiu para 722, e em 2016, chegou a 810.

O abrigo é para adolescentes de 16 a 18 anos – que é a faixa etária com maior probabilidade de desistência do ensino médio. Os organizadores dizem que o abrigo é uma ponte para a formação e sucesso no futuro. Um dos edifícios da igreja acomodará 14 alunos. Isso pode não parecer muito no cenário mais amplo, mas um dos coordenadores disse que é apenas o começo. O edifício também incluirá o escritório do gerente de serviços e do gerente geral. O abrigo também fornecerá serviços de saúde mental e mentores em tempo integral.

O subsídio federal para adquirir a propriedade será decidido nas próximas semanas. Todas as outras despesas serão pagas com doações, recursos do estado e vendas de produtos da Sociedade São Vicente de Paulo.